... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Mulher atormentada...
























"Tens uma angústia incrível
E uma paixão pela vida e pelas pessoas incomensurável
És uma montanha-russa
Às vezes 8 (raramente)
às vezes 80 (ou mais)
És tinta a óleo as vezes aquarela
Demasiada humana demasiada sensível
Demasiada entregue
Frágil como uma gota de orvalho
Densa como um rio caudaloso
Intensa demais
Um turbilhão de emoções ao mesmo tempo
As vezes nem você mesmo se aguenta
Não agüenta sua mente inquieta seu coração inquieto
Muitas vezes completamente incompreendida
por ser muito visceral
És uma alma atormentada em alguns momentos pela dor de existir (mas, quem não é ?)
Em outros és a própria alegria de ser
Vai entender
És a corda bamba mas tens todo o circo dentro de sí
És de palhaça a malabarista de bailarina a equilibrista
Também és boneca
Abajour pra escuridão ombro amigo
Careta no retrato ponto de interrogação
E por ser assim és quem és
E creia só você é assim" (Peace Sauber)