... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Olhares penetrantes atravessam meu caminho, sem que eu os vissem...

"... Enquanto estiveres vivo, sente-te vivo. Se sentes saudades do que fazias, torna a fazê-lo. Não vivas de fotografias amareladas. Continua, a pesar de todos esperarem que abandones. Não deixes que se enferruje o ferro que há em você. Faz com que em lugar de pena, te respeitem. Quando pelos anos não consigas correr, trota. Quando não possas trotar, caminha. Quando não possas caminhar, usa bengala. Mas nunca te detenhas."

Camille Claudel



Com dores pulsantes, vou seguindo adiante em passos lentos, às vezes me arrastando; outras vezes me apoiando em bengalas. Mas, sigo adiante, mesmo claudicante  e me despedaçando em sentimentos.

Tropecei com um belo jovem com um triste olhar de maresia que de repente, tentou seguir meu rumo, mudo pisando mansinho sobre meus cacos que são tantos que nem mesmo os catando com cuidado conseguiu evitar de se ferir.

E, assim na intensidade das minhas angústias vou destruindo os incautos que tentam me deter na ilusão de uma paixão...