... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Os disfarces do Mitomaníaco...

"É um comportamento doentio. Precisam dessas mentiras para viver...

A mentira corrói as relações humanas. Os mentirosos compulsivos não costumam ter muitas amizades, já que a tendência é as pessoas se afastarem com o passar do tempo. Então, eles buscam novos grupos em que possam se inserir e procuram denegrir a imagem dos antigos amigos".

Por mais convincente que seja o mentiroso, a tendência é que pequenos deslizes tragam a verdade à tona. E, embora a frase seja um grande clichê, é impossível negar que a base de qualquer relacionamento é a confiança. Uma vez desmascarados, explica Coletty, os mentirosos compulsivos desenvolvem alguns mecanismos de defesa. O primeiro deles é tentar atenuar a mentira, mas, na maioria das vezes, isto é feito com outra. O segundo é fazer crer que são os outros que estão mentindo. O terceiro é o afastamento.

(diz o psicólogo Paulo Coletty, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da UFRJ, em matéria publicada no JB/ciência e tecnologia).



              A separação deu-se inevitavelmente, após Marcelo ser descoberto quanto a um de seus casos extraconjugais. Sendo desmascarado por Patrícia, tal situação tornou-se insuportável e assim, como de costume mais uma mentira era lançada para encobrir uma outra e mais outra.

Acontece que desta vez, era impossível refutar-se das provas cabais daquele deslize. Então, Marcelo feito um rato acuado partiu para o ataque, cometendo injúrias e calúnias contra Patrícia. E, numa tentativa covarde e munido de ódio, jogou os próprios filhos contra a mesma.

Para se ter uma idéia da gravidade patológica de Marcelo, ele nunca manteve qualquer círculo de amizade. Jamais recebeu um telefonema sequer de um suposto amigo em seu aniversário. Triste realidade, pois sua mitomania afastava as pessoas e o tornara isolado, odioso e desacreditado.