... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Agonia e solidão de Janaína...



A noite vinha a Lua que a impedia de sonhar.
O Sol não brilhava mais em seus caminhos.
Sua tez branca e lívida trazia o vazio das cores.

Janaína estava doente, muito doente.
Mas, tentava resistir as dores que aprisionavam-na à solidão.
Nada mais havia a fazer.
Senão, suportar os fracassos das perdas irreparáveis.

Tiraram-lhe a dignidade e deixaram-na à míngua de sentimentos.
Regozijavam sem culpa ou remorso.
Enquanto, Janaína adoecia.

Levaram o Sol entre estradas e mares.
À Janaína restou apenas a Lua.
Que a observava de longe sem acolhimento.

Dias e noites, Janaína agonizava em seu leito.
Mergulhada dentre lágrimas e soluços.
Sua dor, jamais foi sentida por seus algozes.