... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

domingo, 17 de julho de 2011

Homens de rosto mais largo são menos confiáveis...



“ Existem tantos arquétipos quantas as situações típicas da vida. Uma repetição infinita gravou estas experiências em nossa constituição psíquica, não sob a forma de imagens saturadas de conteúdo, mas a princípio somente como formas sem conteúdo que representavam apenas a possibilidade de um certo tipo de percepção e de ação.” 



“Imagens” expressam não só a forma da atividade a ser exercida, mas também, simultaneamente, a situação típica no qual se desencadeia a atividade. Tais imagens são “imagens primordiais”, uma vez que são peculiares à espécie, e se alguma vez foram “criadas”, a sua criação coincide no mínimo com o início da espécie. O típico humano do homem é a forma especificamente humana de suas atividades. O típico específico já está contido no germe. A idéia de que ele não é herdado, mas criado de novo em cada ser humano, seria tão absurda quanto a concepção primitiva de que o Sol que nasce pela manhã é diferente daquele que se pôs na véspera.” (Carl Gustav Jung)

Homens de rosto mais largo são menos confiáveis...

Pelo menos é o que dizem os psicólogos da Universidade de Saint Andrews. Eles convidaram um grupo de homens para brincar com um jogo de computador, no qual os participantes poderiam confiar um nos outros ou então “sacanear” o companheiro para se dar bem.

No início de cada jogo, o computador mostrava uma face sem expressão do outro participante. Então o participante deveria decidir imediatamente se sua tática seria confiar naquele sujeito ou então tentar ganhar o jogo sozinho. Cooperando, a chance de ganhar o jogo seria maior, mas um jogador precisaria depender do outro.

Os cientistas descobriram que os participantes confiavam mais facilmente nos colegas que tinham um rosto mais fino. E os sujeitos com rosto mais largo também tinham uma tendência maior a tentar ganhar os jogos sozinhos.

(...) (http://hypescience.com/)

Homens com rosto largo são mais propensos a mentir, dizem pesquisadores americanos...

RIO - Se você acha que é esperta o suficiente para saber se um homem é bom caráter logo numa primeira conversa, saiba que um grupo de pesquisadores americanos passou a sua frente. A partir de uma análise comparativa de comportamento e características físicas, eles concluíram que homens com rosto largo são mais propensos a mentir e trapacear que os de rosto fino, mas também são mais bem sucedidos nos negócios.

Os cientistas acreditam ter evidências para mostrar que a medida da largura do rosto de um homem dividida pela altura da sua face é um indicador do quão poderoso ele se sente e de sua disposição para quebrar regras sociais, a fim de atingir seus objetivos. O estudo sugere que o cálculo pode ser um velho sinal evolucionário da agressividade de um homem quando lida com pessoas que ele considera competidores, segundo o professor Michael Haselhuhn, que liderou o estudo na Universidade de Wisconsin-Milwaukee.
- A razão largura sobre altura geralmente é um sinal positivo, falando em termos de evolução.

Especificamente, quando homens competem por recursos com outros homens, o rosto largo é um forte sinal de agressividade, e comportamento autointeressado - disse Haselhuhn. - Descobrimos evidências de que a ligação entre o tamanho do rosto do homem e seu comportamento antiético é causado por um senso de poder. Homens com medidas maiores do rosto se sentem mais poderosos, e esse sensação de poder os leva a uma atitude inapropriada - ele disse.

Os estudos envolveram o teste de um grupo de 192 alunos de Administração para ver o quão prontamente eles estavam dispostos para mentir ou trapacear para ganhar vantagem sobre um competidor. Os homens de rostos mais largos eram cerca de três vezes mais propensos a passar a perna no outro comparados com os de face mais fina, de acordo com o estudo publicado na revista " Proceedings of the Royal Society B.".
- É importante reconhecer também que homens com o rosto mais largo não são todos maus. A mesma sensação de poder e agressividade que geram comportamento antiético pode ser um benefício se for canalizada corretamente.