... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O Ciúme...


"Muitos dizem que se não existe ciúme, não existe amor. Este argumento é útil e conveniente para os ciumentos, mas não é verdadeiro. O ciúme não é proveniente dos sentimentos de amor e proteção, mas dos sentimentos de posse e insegurança.

O sentimento de posse revela que estamos tratando o outro mais como objeto que como ser humano. A insegurança e o medo de perder o outro revelam que, de alguma forma, acreditamos que o outro esteja iludido conosco e que alguém mais especial pode libertá-lo desta ilusão.

Em muitos casos isto ocorre inconscientemente, a pessoa reage de maneira ciumenta e sequer compreende as causas que a levam a agir assim. É desagradável saber destas verdades. O ciúme é muito frequente na vida de muitas pessoas, mas é necessário enfrentar esta realidade para que possamos crescer e deixar que o outro também cresça.

O antídoto para este comportamento é o próprio amor. O amor que trata o outro como alguém que livremente quer estar conosco e que, longe de tratá-lo como posse, trata-o como um maravilhoso presente vivo da vida, cuja existência só se mantém se for alimentada pelo convívio com outras pessoas e se puder respirar o ar puro da liberdade.

O amor não permite algemas ! A conexão do amor é feita de respeito e confiança !"

Carlos Hilsdorf.

Não é que sejamos insensíveis diante da iminência de um perigo da perda do interesse do Outro. Mas, se o escolhemos e assim, somos escolhidos para uma parceria amorosa temos que creditar confiança e segurança na relação. 

Muitos possuidores do sentimento de ciúme, além de ser desconfiados demasiadamente sem motivos, apenas pela insegurança, consegue com isso afastar o verdadeiro amor. Eis que, ao julgarmos preteridos magoamos e injuriamos a quem amamos. Aqui temos alguns episódio esporádicos, mas que podem minar nossa cumplicidade e companheirismo, levando muitas vezes ao Outro, omitir fatos e mentir situações sem importância.

Entretanto, há os ciumentos disfarçados ou narcisistas, cuja idéia fixa nos surpreende com todas as argumentações, levando-nos à indução errônea de prova de amor. Mas, que na verdade apenas demonstra que o tal ciumento é o desleal, sabendo exatamente todos os subterfúgios de uma desconfiança porque ele mesmo pratica a traição. 

Muitas mulheres, causam constrangimento por seu ciúme e levam a crer seu profundo amor pelo parceiro. Mas, são as mesmas que investigam e se convencem de uma possível traição. Desta forma, por rancor e vingança costumam trair seus parceiros com a desculpa de serem traídas também. Quando na verdade, por uma baixa estima criam desculpas para o que elas mesmas têm vontade de fazer e tampouco, conseguem se manter únicas naquela relação. Com isso, precisam se sentir desejadas. 

Pessoas seguras, não traem !