... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

sábado, 4 de junho de 2011

Paixão de conveniência...

"Eu, bem de vida, morando bem, vestindo bem, tudo muito bem, velha bonitona, gostosa e devassa, não querendo mais amantes fixos que me encham o saco - e é muito difícil achar um que acabe não enchendo - e vivendo na grande cidade do Rio de Janeiro (...) E, de súbito, ao abrir os meus arquivos executáveis um belo dia, lá está Paulo Henrique, Deus seja louvado. Ele também leva a sério seu dom, me adora porque eu o ajudei a compreender como esse tipo de coisa funciona. Assumiu, virou meu executivo sexual, de uma forma antes insuspeitável. É realmente fantástico o que aconteceu, chega a parecer invenção, mas não é, é verdade, a vida é que parece invenção, a invenção é que tem que parecer verdadeira." (João Ubaldo Ribeiro in A Casa dos Budas Ditosos)



Separada do marido, por motivos de falta de afeto, pois não tinha aptidão com  cuidados e carinho por alguém que agora, vivia dilemas existenciais. Até porque Sonia havia se casado sem amor e mantinha casos extraconjugais, não foi difícil abandonar o marido. Contudo, seu último amante era também casado, mas não teve a ousadia de trocar a esposa por ela.

Atrelada aos sites de relacionamento, eis que de repente encontra sua próxima paixão. Um antigo conhecido do passado, embora estivesse casado não era nenhum empecilho porque também mantinha tendências às transgressões sexuais.

O investimento ao novo caso, não somente envolveu perversões sexuais como também, ultrapassou a esfera sentimental adentrando até na área financeira. Motivada pela conquista daquele homem, Sonia foi vitoriosa. Pois, Ricardo separou-se da esposa e dos filhos em prol de uma mulher bem sucedida economicamente que o proporcionava viagens, empreendimentos em sua empresa deficitária e a satisfação integral de todos os seus sonhos.

Entretanto, a paixão cegou Sonia que estava se sentindo poderosa diante da facilidade com que conquistara Ricardo, esquecendo-se que na verdade havia comprado um homem interesseiro e de natureza infiel. Assim, da mesma forma que traia a mulher com diversas amantes continuaria fazendo o mesmo com ela.