... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

sábado, 14 de julho de 2012

"As três idades da mulher"

A maternidade me foi a idade da realização do verdadeiro amor incondicional. Fiquei terna ao ver aquele pequeno pedaço de mim, sensível ao escutar seu choro, cansada ao esticar as horas em alimentá-lo, admirada com seus olhinhos brilhantes ao me agradecer o peito sugado, orgulhosa por descobrir minhas semelhanças, inebriada com seu cheiro suave, fascinada com os primeiros gestos e acima de tudo extasiada por ele depender de mim. 




Nas três idades da mulher retratadas por Gustav Klimt a mais importante foi procriar alguém que me manterá imortal, lembrará de mim eternamente e fará comentários dos meus ensinamentos. E, se meus netos chegarem haverá sempre um que me tornará viva. Seguindo assim, o ciclo da vida com o amor doado sem fim.