... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

A Mulher sobrevivente...

"O maior obstáculo para eu ir adiante: eu mesma. Tenho sido a maior dificuldade no meu caminho. É com enorme esforço que consigo me sobrepor a mim mesma." Clarice Lispector





Eu precisava me reinventar e sobreviver à todos os meus fracassos. Não bastava mais seguir adiante, eu precisava reconstruir minha auto-estima e começar do zero de cabeça erguida. Pois, a minha dignidade ainda estava lá, bastava eu me conscientizar que somente eu poderia me reerguer sozinha.

Não importava mais, os anos perdidos dedicados à alguém me traíra e me abandonara sem a menor parcimônia. Tirando-me tudo que construí por anos a finco. Não tinha mais como voltar atrás e me defender das vicissitudes da vida. 

Agora, somente restava à mim mesma juntar os cacos, curar as feridas e estancar àquele sofrimento. Entretanto, o temor do desamparado era inevitável para quem tanto perdeu e adoeceu de tanta dor. 

Ainda, tinha que enfrentar as humilhações e as provocações de quem me tirou tudo e circulava livremente pelos meus espaços publicitando sua vitória, diante da minha derrota.

E, o que sinto é uma extrema admiração por mim mesma que apesar de tudo que sofri sempre mantive minha ética, diante da minha vida e da vida dos outros. Sem sequer magoar à ninguém pelos erros e acertos cometidos.