... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

A incapacidade do invejoso...


"É a zona obscura na qual a nossa maldade consegue ir adiante e corromper os pensamentos mais puros. A inveja é um sentimento em encruzilhada, um ponto de trânsito aonde se chega de outras experiências e do qual se parte para atingir outros sentimentos." (F. Alberoni in Os Invejosos)

"A inveja é o sentimento raivoso de que outra pessoa possui e desfruta algo desejável – sendo o impulso invejoso o de tirar este algo ou de estragá-lo. Além disso, a inveja pressupõe a relação do indivíduo com uma só pessoa e remonta a mais arcaica exclusiva relação com a mãe." (M. Klein in Inveja e gratidão)

Há pessoas que são incapazes de nutrir sentimentos genuínos, de amor e compaixão. Portanto, sua baixa-estima e seu recalque são o combustível para invejar dos desavisados que caem como presas na teia desses indivíduos desprovidos de afeto.

Assim, não se contentam em almejar as qualidades e as virtudes de suas vítimas, necessitam caluniar e difamar os invejados, inventando as mais absurdas mentiras até arruiná-los. Mesmo, cientes de que nunca terão competência de possuir o objeto desejado.

Silvia é uma dessas pessoas que não contente em retirar de Claudia o objeto invejado, ainda quer ir além, numa contínua perseguição incessante. Não lhe basta a vitória do furto, ela deseja mais e mais... É como se quisesse a alma da outra, daí a sua incansável idéia fixa de tomar o lugar de Claudia.