... Em sentimentos que envolvem o universo feminino, pois “Não se nasce mulher: torna-se.” (Simone de Beauvoir)
A dualidade de sentimentos que envolvem o Universo Feminino.

São tantos os sentimentos em busca da identidade feminina, cujos contratempos das emoções transbordadas vão do êxtase secreto à cólera explícita...

Esse blog é um espaço aberto acerca de relatos e desabafos relativos as alegrias e tristezas, felicidades e angústias... Sempre objetivando a solidariedade e ajuda ao próximo.

domingo, 29 de setembro de 2013

"Pessoas do Bem" acreditam mais nos outros...


"Há exceções, mas a regra é que as pessoas 'do bem' tendem a ser menos desconfiadas; e, por isso, são objeto de sucessivos abusos e decepções.

Muitas pessoas do bem acreditam que a maior parte das pessoas são legais: são idealistas, ou seja, gostam mais das ideias do que dos fatos.

As pessoas legais não acreditam que uma boa metade da população não é como elas: insistem em avaliar os outros tomando a si como referência !"

Flavio Gikovate

Não é somente ingenuidade, eis que as pessoas "do bem" são movidas por um senso moral e valor ético em saber lidar com a limitação do Outro. Ser tolerante e compassiva, não é sinônimo de idiota. Tanto que quando decepcionadas ou injustiçadas as pessoas "do bem" são capazes de se estourar em cólera e reagir contra uma pessoa "do mal".

Entretanto, as pessoas "do bem" por saber se colocar no lugar dos outros, vêem as outras pessoas com os mesmo princípios morais e éticos, dos quais espera que os outros tenham. E, mesmo, quando se desiludem com atitudes imorais e anti-éticas das pessoas "do mal", não mudam porque têm consciência de que ser bom é estar inserida na sociedade, em busca de melhorias para todos. 

Acreditar nos outros, não é um defeito, mesmo que possa trazer desilusões. Mas, mudar seria se igualar as pessoas desconfiadas e egoístas.